Elvis 1956


quinta-feira, 8 de junho de 2017

NOTICIA DO MUNDO ELVIS

Resultado de imagem para elvis 1959




BOX "A BOY FROM TUPELO" SERÁ RELANÇADO EM JULHO DE 2017



O Box "A Boy From Tupelo" será relançado no dia 28 de julho! O box contempla gravações de 1953 à 1955. São 3 CDs e um livro com 120 páginas. O mega expert em Elvis, o pesquisador Ernst Jorgensen foi quem escreveu e produziu este trabalho! A novidade é uma gravação ao vivo de "I Forgot to Remember To Forget" de 29/10/1955, recentemente descoberta. São gravações obrigatórias não somente para fãs, mas para qualquer um que deseja compreender a importância de Elvis na história do Rock! 










JORNAL “THE GUARDIAN” LANÇA ARTIGO ALEGANDO QUEDA NA POPULARIDADE DE ELVIS E RECEBE AVALANCHE DE CRÍTICAS



















Um dos mais tradicionais e importantes jornais do Reino Unido, o “The Guardian” lançou um artigo em maio de 2017 alegando uma queda na popularidade de Elvis. Segundo o jornal uma pesquisa com 2034 jovens entre 18 a 24 anos mostrou que 29% deles nunca ouviram uma canção de Elvis. O The Guardian queria saber dos jovens quais ídolos ou bandas que não existem mais, seriam seus prediletos. Segundo o The Guardian, 25% deles escolheram “David Bowie”; 23% escolheram os “Beatles” e 12% escolheram “Elvis”. Estranhamente no mesmo mês de maio de 2017 o The Guardian lançou outro artigo dizendo que a venda de artigos raros de Elvis também perdeu valor devido à falta de interesse do público! Porém o jornal não ponderou alguns fatos: 1º. Tentem fazer a mesma pesquisa nos Estados Unidos e vamos comparar os resultados. 2º. Apesar dos Beatles terem acabado em 1970, seus membros continuaram na ativa por anos, sendo que Paul e Ringo ainda fazem shows. 3º. David Bowie faleceu no ano passado e é muito comum após a morte de um ídolo, ele ficar em alta por um período (vide Michael Jackson em 2009). 4º. Como explicar as mega turnês de Elvis in Concert pelo mundo, incluindo o show “The Wonder of You” com arenas lotadas? 5º. Como explicar Elvis ter voltado a ser número 1 com as vendas dos CD’s “If I Can Dream” e “The Wonder of You” justamente no Reino Unido? 6º. Elvis “saiu de cena” há 40 ANOS, obviamente muito mais tempo que David Bowie e Beatles, mas está entre os 3 mais “lembrados”. E o que aconteceu com todos os outros ídolos já falecidos? Por que apontar somente para Elvis, fica aqui esta pergunta! Para sustentar suas teorias o The Guardian solicita a opinião de David Hesmondhalgh um Professor de Música da Universidade de Leeds que faz o infeliz comentário: “Se você perguntar a uma criança pequena sobre Elvis, o fato de que o cantor morreu sentado no vaso sanitário por comer demais ou de que ele vestia roupas ridículas é tudo o que essa criança vai registrar. A música ficou menos importante que a caricatura. A imagem de Elvis foi rebaixada”. A opinião deste professor (que necessita urgentemente de uma reciclagem) é a mesma de muitas pessoas na mídia sensacionalista que desconhece a dimensão do legado de Elvis. Se estas “crianças” que o professor se refere tivesse acesso ao legado musical de Elvis e não a opiniões que certas pessoas fazem, será que elas iriam fazer chacota de Elvis? Eu apostaria minhas fichas que não, vide o exemplo do sucesso de Lillo & Stitch em 2002! Depois deste desenho animado houve uma leva de novos fãs mirins devido a trilha sonora! Elvis não está nas TVs abertas, não está na programação das grandes rádios (por isso a importância das Web rádios organizadas por fãs) e mesmo assim Elvis movimentou 382 milhões de streams no Spotify em 2016. Nesse aspecto o The Guardian até reconhece que Elvis ainda é muito procurado, mas sempre procura minimiza-lo! O legado de Elvis é muito poderoso, mas para isso ele precisa chegar até o conhecimento das pessoas! Infelizmente ainda há quem torce contra e depois culpa o próprio legado de Elvis! Como não poderia ser diferente, o “The Guardian” recebeu uma avalanche de críticas nos comentários do artigo! Eles poderiam fazer outro artigo do tipo: “Como um artista que faleceu há 40 anos ainda tem uma legião de fãs tão fiel como Elvis?” ou refazer essa pesquisa daqui mais 40 anos! Eu já sei quem estará entre os primeiros! Só não perguntem do nome do professor da Universidade de Leeds, esse será engolido pela história, ELVIS não!









FONTE DE INFORMAÇOÊS FOTOS TEXTOS E AGRADECIMENTOS AO PORTAL ELVIS TRIUNFAL





Nenhum comentário:

Postar um comentário